Em Destaque

Linhaça e seus benefícios

A semente de linhaça é um alimento originário a partir da planta do linho, pertencente à família das Lináceas. A humanidade tem consumido a semente de linhaça desde a Antigüidade e a evidência de seus benefícios nutricionais é indiscutível. Existem indícios de sua utilização desde 5.000 a.C., na Mesopotâmia.

O óleo de linhaça é extraído da semente inteira de linhaça, usando métodos de extração desenvolvidos especialmente para este fim.

Considerada como um alimento funcional, ou seja, que contém, além de suas propriedades nutricionais, várias substâncias que parecem agir contra algumas doenças como as cardiovasculares e alguns tipos de câncer, por exemplo.

Estudos indicam a linhaça como a principal fonte de ácidos graxos do tipo ômega 3, que combatem as obstruções nas artérias, causadoras de doenças cardíacas. Até hoje, as fontes mais conhecidas de ômega 3 eram os peixes de águas profundas. Pesquisas já comprovaram que o óleo de linhaça tem 60% de ômega 3, enquanto o óleo de salmão tem 30%.

Os ácidos graxos essenciais, como os ômega 3 e 6 presentes na linhaça, além de colaborarem para a diminuição do colesterol, também estimulam a produção de prostaglandinas, compostos que melhoram a circulação sanguínea e removem o excesso de sódio dos rins, diminuindo a retenção de líquidos, inclusive durante o período pré-menstrual.

Além disso, é a maior fonte alimentar de lignanas (fitoestrógeno), compostos fitoquímicos parecidos com o estrogênio, que ajudam a melhorar os sintomas da menopausa e teriam propriedades anticancerígenas, principalmente em relação ao câncer de mama e cólon. Também funcionam como mediador das inflamações contendo propriedades antibacterianas.

A linhaça é rica em fibras solúveis sendo ideal como laxante e evitando problemas de constipação. Contém vitaminas B1, B2, C, E e Caroteno. Ainda contém ferro, zinco, alguma quantidade de potássio, magnésio, fósforo e cálcio.

É boa para os diabéticos, pois estabiliza os níveis de açúcar no sangue e alguns estudos mostram que a linhaça ativa mais o metabolismo podendo ajudar na prevenção da obesidade.

Diferentemente do trigo, da aveia, da cevada e do centeio, a linhaça pode ser consumida por alérgicos ao glúten, já que não contém essa proteína.

  • É fonte riquíssima de Ômega 3 e Ômega 6 conhecidos por ajudar a prevenir problemas cardiovasculares e ter efeitos benéficos contra a arteriosclerose, causada por aumento do colesterol;

  • É a maior fonte alimentar de lignanas, compostos fitoquímicos parecidos com o estrogênio;

  • Estudos demonstram que a linhaça ajuda na prevenção do câncer de mama por neutralizar a ação dos estrógenos sobre essa glândula (as lignanas conseguem “enganar” os receptores do estrógeno, bloqueando sua ação);

  • Por possuir componentes semelhantes ao estrógeno, a linhaça também funciona como uma reposição hormonal natural, diminuindo os sintomas da menopausa, como suores, dores de cabeça e insônia;

  • Rica em fibras, colabora na regularização das funções intestinais.

Na Botânica você encontra sementes de linhaça, farinha (farelo) de linhaça e cápsulas de óleo de linhaça. Visite nossas unidades em São Paulo e Osasco ou acesse www.lojabotanica.com.br

oleo de linhaca

#informativo #produtos #linhaça #ômega3 #colesterol #intestino #fibras

Posts Recentes
Palavras-chave
Nenhum tag.
Siga-nos
  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • Instagram App Icon